Escrito por 13:42 Fragrâncias, Senses Olfact

Curiosidades sobre diferentes fragrâncias da perfumaria

Antes de nos aprofundarmos nas fascinantes curiosidades sobre as diversas fragrâncias da perfumaria, gostaria de compartilhar o significado do que é considerado uma fragrância. Em uma explicação simplificada, fragrância  refere-se ao uso de algum tipo de matéria-prima como a principal substância para a fabricação de perfumes, cosméticos e produtos de limpeza. 

Fragrância é uma expressão muito usada para nomear um perfume, diferenciando-se do aroma que é associado ao sabor.

Agora que entendemos esse conceito, vamos explorar sobre intrigantes curiosidades por trás de algumas das matérias-primas mais conhecidas.

Alecrim para a preservação da juventude

A primeira curiosidade vem de uma erva muito conhecida: o alecrim. Sua excentricidade reside na história, sendo reconhecida como uma planta capaz de preservar a juventude. O alecrim foi utilizado como uma das composições da “Água da Rainha da Hungria”, um perfume à base de álcool da época. 

Atualmente, o alecrim também está presente em grandes marcas e, faz parte de uma das assinaturas olfativas da famosa Le Lis Blanc. Além disso, é reconhecido por suas virtudes terapêuticas e aromáticas,  sendo utilizado também na culinária.

O bambu como símbolo de longevidade e amizade

Outra matéria-prima usada por grandes marcas, como a MMartan, é o bambu. Sua curiosidade está na relação cultural asiática que carrega, sendo considerado símbolo chinês de longevidade e, na Índia, representação da amizade.

A lavanda é referência histórica por ter sido muito utilizada nos banhos de cheiro

A lavanda, também conhecida como alfazema, é uma essência popularmente presente em diversos produtos de limpeza, perfumes e cosméticos. Além dessas aplicações, a lavanda remete a uma referência histórica associada aos banhos de cheiro (um ritual para purificar e comemorar com o uso de ervas aromáticas e essências).

Madeira como forma de homenagear deuses

Povos antigos queimavam madeira como uma homenagem aos deuses. Na perfumaria, essa matéria-prima busca remeter a força e a imortalidade, sendo considerada uma das composições mais antigas na história da perfumaria.

Pimenta-rosa que não é pimenta

Por fim, uma das últimas curiosidades que vamos abordar é sobre a pimenta-rosa, que, apesar de ter esse nome, não é uma pimenta. Trata-se de frutos da árvore aroeira, que crescem como grandes ramos de grãos na cor rosa, dispostos em cachos. 

Desvendar as curiosidades do universo olfativo é fascinante. Cada matéria-prima utilizada para a produção das fragrâncias conta uma história única, desde a simbologia cultural até as referências históricas. Ao descobrir esses segredos dos perfumes, você se conecta com tradições antigas e significados profundos. 

Por isso, convidamos você a permanecer nesta jornada, descobrindo novas notas, fragrâncias e histórias que enriquecem nosso cotidiano.

Afinal, QUEM SENTE LEMBRA. 

Visited 26 times, 1 visit(s) today
Tags:, , , Last modified: 14 de dezembro de 2023
Fechar